segunda-feira, setembro 13, 2010

Estopim



Tanta coisa para esbravejar aqui.
Tanta coisa para desabafar...


Pra mim foi a ampulheta do BASTA!
Tantos; tantos verbos a acenar.
Atrocidades que me deixaram estarrecidas nos jornais que juro; juro que não sei onde e nem como começar. Então isto vai ser uma salada mista de temperaturas sentimentais que tive. Com coisas que passei, outras que li e também com coisas que presenciei. Não cabe, por aqui, ser meticulosa em relatos; o que vale – no meu satélite - é registrar.

***
Odeio
mentiras e vi no mês de agosto um show tão cênico que só serviu para tripudiar um ser que não posso nem chamar de humano. Então, aprendi que muitas vezes na vida não podemos ser educados. Educação se adquire na justiça. Amizade não existe. Foi o estopim. E para eu, como mãe, uma grande fenda foi aberta. Mas Deus é maravilhoso e sei que algo muito bom está para acontecer. Aguardem!

***
Outra:
Sou gaúcha com muito orgulho. Tudo bem, semana Farroupilha aqui no Sul é um ajuntamento no Parque Harmonia, de Porto Alegre que faz da metrópole, um grande pampa com vários piquetes. Vira um território 100% gaudério. Ali são prestados e vividos todos os costumes sulistas; dos pampas. Vai da alimentação típica, roupa a caráter e muita música gaudéria. Tudo numa grande ‘floresta’ de gaúchos. E vocês sabem o que vem acontecendo nos últimos anos com todo este ajuntamento?
Marginalidade, drogas, bebidas e mortes. Que vergonha para nós gaúchos dar margem a isto. Ano a ano se sucede esta brigas que levam a morte. Aí pergunto: Aonde está a segurança? Onde está o policiamento? Eu particularmente tenho horror a grandes multidões que perambulam numa espécie de maré de vai-vem em andanças sem rumo algum. Porém, conheço pessoas boníssimas que costumam e curtem interagir neste mundo tradicionalista. Uma pena que esteja tão esculachado; tão esquecido e cercado de coisas inteiramente erradas. Fica aqui o meu protesto.

E os jornais?
Gente! Onde estão os anjinhos para protegerem tantas crianças desamparadas? Ontem assisti a história de irmãos que viviam numa caverna! Gente! Numa caverna! Foram encontrados num burado úmido e cheio de bichos. A história toda está neste link aqui http://fantastico.globo.com/Jornalismo/FANT/0,,MUL1618464-15605,00.html . O que me entristece é saber que tantas crianças são, minuto a minuto espancadas, violentadas... Eu as vezes me sinto de mãos atadas... Como dói saber de tanta falta de humanidade nas pessoas. Que Deus ilumine estes anjinhos.

Ufa! Falei... Tinha mais indignações, porém me atribui a estas.
Espero que a paz reine DE VEZ! Entendeu? XO’S

5 comentários:

Eduardo Montanari disse...

Eu cheguei a ver essa história das crianças ontem na TV. O duro é que nem dá pra ficar com ódio dos pais, que na verdade são dois bichos do mato. Mas quando penso em tudo o que foi privado dessas crianças realmente me revolta.
Quanto a violência, isso não é só aí não. Até aqui em Bauru, cidade mais ou menos grande, já não se tem mais paz.

satélite abduzido disse...

Você viu? Que horror, né? eu fiquei chocada! Vixi... se pensar são tantos casos absurdos. Não sei o porquê, mas ando estarrecida com estas notícias que chegam a me tirar o sono. É triste ver tamanha crueldade. Era um submundo aquela caverna. E a violência tá em tudo quanto é lugar, sei. Mas este evento aqui no Sul, no mínimo, já que querem reviver as tradiçoes, que desse, pelo menos, mais segurança. Virou uma pouca vergonha de assaltos, roubos, brigas. Infelizmente tá assim.
saudade dos teus comentários Eduardo! bjo

Petit Artiste, Beatriz Azevedo disse...

Oi Fabi. Vi que voce está de volta a todo vapor. Bem vinda à primavera que está chegando. Que voce e JG possam curtir de montao. Entendi tua sensibilidade, o nó na garganta com as crueldades contra crianças. Realmente não devemos nunca ser imunes a isto. E a revolta com a deturpação do festival, está certa de expor! Uma pena voce nao ser de Sampa, pois eu nao te deixaria escapar de estar presente no meu chá com as amigas. Foi delicioso e adorei fazer todas aquelas coisinhas craft. Beijos mil. Bia

Lila Rosana disse...

Oi querida, ontem estava pesquisando sobre este tema em diversos sites. Muita coisa absurda acontecendo no mundo e principalmente com as crianças. Parece que não tem fim, mas terá sim. De uma forma ou outra, precisa ter. Penso que devemos fazer algo para que tudo isso cesse, mesmo que seja o simples e grandioso ato de educar bem os nossos filhos, pois eles são realmente o futuro. A promessa de um futuro melhor.
Precisamos deixar filhos melhores para este planeta. É a nossa missão como mães.
Abraços e até a volta por aqui.
Lila

cesar_esdson disse...

PARECE OS TCHACA TCHACÁS hhehehe !