segunda-feira, novembro 29, 2010

Selo para comemorar!

Esta semana eu recebi o carinho da doce Lila! Veio, por meio deste blog, me presentear com este selo.
Gostaria de compartilhar com meus amigos blogueiros esta condecoração virtual.
Lila tem dois lindos blogs. Um fala sobre a minha maior sede em aprender: Educar nossos filhos, o outro é sobre decoração e tem dicas maravilhosas para Natal e datas festivas. Sugiro que conheçam estes dois blogs. São estes:
http://decorandoonatal.blogspot.com/ e
http://lila-conversandocomospais.blogspot.com/!

E para participar temos que fazer o seguinte:
- Agradecer a quem me deu este prêmio,
- Partilhar 7 coisas sobre mim,
- Escolher 10 blogueiros que eu considere merecedor do prêmio,
- Contactar os blogueiros e dizer-lhes sobre a premiação.

Sete coisas sobre mim:



- Desde que me conheço pro gente tenho uma ligação muito forte com o mar. É algo que me fascina de tal forma que sempre aprecio assistir os fins de tarde nas rochas da praia dos Molhes em Laguna/SC; terra de meu pai e que costumo veranear. Infelizmente não moro no litoral. Eu falo desta minha relação com o mar em alguns posts como este: http://sateliteabduzido.blogspot.com/2008/12/mar.html ou este que engloba até meus aromas favoritos: http://sateliteabduzido.blogspot.com/2010/01/por-onde-andara-fabinha-larilaiaiaaaa.html

- A vida inteira sempre fui muito insegura – ainda sou um pouco – mas a fortaleza, que me transformou numa mulher com M maiúsculo foi com o nascimento do meu filho João Vicente. As vezes tenho a impressão que minha vida só tomou sentido, depois que ele veio ao mundo. Eu peço e rezo sempre a Deus que me dê muita saúde para poder ver meu boneco lindo crescer. Ser mãe foi mais que um marco na minha vida, foi uma benção!

- Adoro música e toda a estrutura que a envolve. Se pudesse tentaria aprender a tocar muitos instrumentos. Meu tombo musical mesmo é por percussão. Sou meio africana para quem não me conhece. Atabaques, tambores, surdas, caxixi, reco-reco, ganzá, tamborin, rebolo, gongô, pandeiro ixiii qualquer instrumento de percussão, mesmo! É muito mais que um mantra para mim. Me tira da órbita.

- Desligada. Fora da área, temporariamente desligada. Esta sou eu. Meu modo aquariano de ser já me colocou em saias justíssimas. Já passei numa cadeira de Projeto em Fotojornalismo na PUC, em 1998, sem estar matriculada. Pode? Pode...Comigo, pode. Sapatos diferentes, um azul
marinho e outro preto(detalhe: eram do mesmo modelo, mas a cor...quanta diferença), no arrumar a casa, recolher roupas para lavar, com bebê recém nascido e sozinha, consegui a proeza de colocar de molho na máquina de lavar uma fralda descartável, dirigi até pouco tempo sem saber que a carteira de motorista estava vencida. Por quê? Porque sou avessa a prazo de validade e regras... onde e quem fala isto sobre meu jeito de ser? Neste post antiiigo. Mas de grande valia pra saber quem sou eu rsrs
Acessem(e não se assustem rsrs):
http://sateliteabduzido.blogspot.com/2006/01/gema-minha-velha-e-dinossurica-amiga.html

- Sou gorda, morro de complexo com isto. Me falam ‘faz então a cirurgia bariátrica”. Eu tenho minhas travas com isto pois minha mãe fez e a vejo sofrer muito com isto. O ideal seria nadar até porque já me falaram que eu não preciso fazer ‘porcaria’ nenhuma de cirurgia. O que tenho é que fechar a boca.... o Problema é fechar a boca rsrs

- Tenho um lado consumista. Adoro cosméticos, cremes, óleos, perfumes... agora estou no apreço por esmaltes. Qual mulher que não gosta de um bom salão de beleza. Se pudesse iria toda a semana. Adoro uma paparicada na vaidade.

- Não é ‘não gostar’...mas filmes não são o meu forte. Agora, documentários é outro departamento. Adoro! Amo! Amo! Curto telejornalismo também.

- Sofro por sonhar muito. Mas também verbalizo isto pois muito do que eu sonhei; realizei. O problema que meus vôos são altos demais. Mas adoro sonhar. Sonho com tudo. Mas não esperem coisas absurdas. Sonho com coisas muito simples mas de um valor surreal. Sonhos estão sempre imantados da palavra ‘família”. Família é tudo. Família unida, um casamento sólido, uma família no piquenique, na viagem para o exterior(esta não foi tão simples, financeiramente dizendo, mas condiz com a palavra 'sonhar' rsrs), família na praia, na pipoca...simplesmente família! Meu filho merece e eu garimpo isto.
Gostaria de indicar o prêmio para diversos blogs que considero útil, adorável e elegante. Na minha lista caberia muito mais que 10...
E tenho que seguir estas regras(eu queria mais!); ou ter que fazer este enorme sacrifício de selecionar apenas este pequeno número. Convido a todos para visitar estes espaços e apreciar quanto beleza existe neles.

Indico este prêmio para:


3. Beatriz http://petitartiste.blogspot.com/
4. Eduardo Montanari http://divagacoessolitarias.blogspot.com/
5. Lila http://lila-conversandocomospais.blogspot.com/
6. Dilair Pockrandt
http://paeoumapi.blogspot.com/
7. Minha mãe Vera
www.baleirodepalavrasrs.blogspot.com
8. Cris, iniciando no mundo blogueiro http://www.criscompenaestrada.blogspot.com/
10. Chicão http://sala-escura.blogspot.com/

Infelizmente minha lista não pode se estender o que nada impede de dizer que adoro - por demais - os outros blogs de meus adoráveis amigos. Todos, são merecedores deste prêmio!

Um enorme abraço. Fabiana Fernandes

quarta-feira, novembro 17, 2010

Solteira e, SUUURDA!!!

Ser solteira é pagar o preço do mico; e para agravar; surda!
Cheguei no aniversário da minha ex-enteada. Menina querida, festa surpresa e muitos amigos e familiares. Todos casados; menos eu. Carregava o meu filho de um ano e meio nos braços. Quem é mãe sabe; todos nesta idade tem mania por querer caminhar. Descobrem os passinhos e aproveitam qualquer oportunidade para se refestelar no ambiente. Certo momento meu pequeno andando pelo salão tropeçou bem em frente a um casal muito sério, por sinal. O homem prontamente se abaixou para ajudar a levantar meu filho do chão. Aí exclamou:
- Que criança linda? Qual o nome dele?
- João Vicente
- Lindo ele. Quantos anos ele tem
- Um ano e seis meses
Depois disto tratei de voltar a minha mesa e terminar de conversar com minha ex-sogra. E era aquilo. O tempo todo o meu filho saia correndo pelo salão e lá ia a Fabiana atrás do guri. Já na finaleira da festa meu filho se agarra na perna do mesmo homem que havia conversado. Então aproveitei para me despedir de todos. Com bolsa no ombro e cansada do corre-corre do meu menino eu acenei a despedida..
Foi quando o homem veio para perto de mim botou a mão no meu ombro e disse:
- Já vais?
- Sim
- É eles dão trabalho, né?
- E como! Não vejo a hora de chegar em casa e botá-lo para dormir.
- Ele tem mesmo um ano e meio?
Neste momento, me deu uma pane. E repeti a sua pergunta(pelo menos a que achei que tinha ouvido):
- E-mail?
- Não! Ele tem um ano e meio?
Eu estarrecida com a minha surdez:

- TU QUERES O MEU E-MAIL? Tá.... É fabi58 arroba blá blá
A mulher do lado prontamente engatou uma ré de cotovelo no rim do homem. Quando ele repetiu sorrindo:
- Ele tem UM A-NO E M-E-I-O?
Só tratei de dizer ‘sim” e me vazei do salão! Eu era a única solteira ali e surda!
Que mico!

***
Faz um bom tempo(Graças a Deus) que isto aconteceu. Masss...a pedidos, resolvi postar!

sexta-feira, novembro 12, 2010

Viver intensamente e do meu jeitinho

" Quem acendeu a vela do Destino, não contava com a ventania." - já dizia a cantora Ana Carolina;
Sentimentos e felicidade em alta.
Será a primavera, o sol, ou será esta instabilidade meteorológica que atingiu meu coração?
Hoje eu quero falar dele: Coração bate mais forte. É bom quando o coração bate, as mãos perdem a chance de se mostrarem - pois não há bolsos que se encaixem a elas quando eu cruzo com esta pessoa. Faz mais ou menos um mês que fui surpreendida com a vida.
Dizem que o coração é um músculo involuntário que bate por alguém independente da situação e de toda uma dinâmica do momento. Momento de mudanças arquitetônicas no meu trabalho e um colega novo de vizinho. Não estou falando de loteria! Pois tem muito chão ainda(ou não. De repente é passageiro mesmo. Viagem minha de repente). Eu só comemoro, com vocês, este sabor gostoso de levantar todos os dias com vontade de cruzar com aquele homem que intrigou meu olhar. É assim que estou. E como isto faz bem para a alma! Tem gente que me diz: “Nunca mais tinha te visto assim Fabinha”.
E vou confabular com este sábio escritor, Fabrício Carpinejar, que estes tempos tuittou isto:
“A única coisa que as mulheres não perdoam - de jeito nenhum - é a covardia para amar.”.
E aquele olhar eu não consigo esquecer ou mesmo não consigo deixar de procurar para ver...O jeito sério e carrancudo e o mistério. Tudo me atrai. Que viagem isto. Estava tão “fora do ar” que, quando o vi deu uma espécie de “plim”. Tá certo; sou uma eterna adolescente rsrs Isto pode ser, de repente, passageiro em mim. Eu torço que continue a evoluir.
Mas....
“Viver não é coragem; é teimosia”. E eu perdi, por total a capacidade de dar conselhos porque eu só tomo partido de ruborizar e olhar. Cá entre nós, não tem coisa melhor, por exemplo, que o cheirinho de café passado? Acho, inclusive, melhor que tomar o café. E esta linguagem da paquera tem uma sensação tão gostosa. Quase terapia. Mais uma vez reintero, não sei no que vai dar e nem vou criar expectativas com isto. O que eu quero é viver intensamente! E do meu jeitinho.
Uhuuuu

quinta-feira, novembro 04, 2010

Peripécias do João Vicente III




Lembram que no Satélite tenho alguns post’s do título “Peripécias do João Vicente”? Então, hoje estarei adicionando mais algumas tiradas do João Vicente! Aliás, ando inclusiv repensando se não crio um blog só falando destas pérolas dele. Um blog bem maroto, bem menino que fale de suas descobertas da vida. Estou prestes a criar. Estou pensando o nome do blog. Alguém tem aí alguma sugestão?
João Vicente está com três anos e sete meses e tem sido cada vez mais divertido compartilhar suas descobertas e frases inusitadas. Hoje vou relatar as últimas dele:
João Vicente está na creche desde os quatro meses de vida e de lá para cá convive praticamente com os mesmo coleguinhas. O seu ‘melhor amigo’ é o João Pedro. E tem umas manias que são da idade mesmo: Se o João Pedro está vestido com estampa Ben10 ele quer também vestir igual. Se está com a roupa do time Internacional ele também quer estar trajado de Colorado. E por aí vai. E, na escolinha tem uma regra muito bacana: Toda a segunda-feira é o Dia do Brinquedo. Cada criança pode vir, de casa, com seu brinquedinho preferido. O João Vicente, esperto, leva uma espécie de nécessaire onde tem alguns bonecos, carros e mostrengos que adora. Todos pequenos. É chegar na sala que todos o rodeiam. Ele chega na mesa e esparrama todos os brinquedinhos na mesa. Distribui os brinquedos com os amigos. E isto faz com que todos também lhe ofereçam seus brinquedos. Pra ele é vantagem brincar com o ‘novo’ e o emprestado. Ali, em harmonia e, de encher os olhos, todos se divertem. Estes tempo, seu amigão do peito, o João Pedro, chegou com uma guitarra muito estilosa. Cheia de luzinhas, músicas com melodias bem alegre. João Vicente viu e curtiu de longe. Aí eu pensei: “ – Parece que to vendo; vai me pedir uma guitarra igual!”
Final da tarde chegou e fui buscá-lo.
- Oi filho, como foi o dia?
- Bem
- É. Vi que tu tava brincando com o João Pedro. Gostou da guitarra?
- Sim
- É meu amor? Queres uma?
- Não
Ali, dirigindo e olhando ele pelo retrovisor achei tão inusitada a negativa dele que olhei para ele que tava bem sereno olhando para a rua. Aí indaguei:
- Não? Não gosta de guitarra?
Ele suspendeu os bracinhos pra cima com as mãozinhas abertas e exclamou:
- Porque eu tenho um vilão mãe!!!
Tá aí a resposta do meu filho. Tenho um cavaco Rozini antigo pra caramba. E volte e meia o João Vicente pega e toca. Sentadinho na cama, mas toca! E para ele o ‘vilão’ é que ele chama de violão. Já que na escolinha eles tem aulas de música.
Achei tão fofo dizer que ‘já tem um vilão”!
Por isto que não quis rsrs

* Detalhe da foto: Tentei tirar os olhinhos vermelhos sem aquele programa do Picasa pois no pc que postei não tem. Portanto, ficou meio 'estranho' pois dei uma pintadinha rsrs nos olhinhos de jabuticaba do meu príncipezinho.