terça-feira, novembro 11, 2008

Trapalhadas...


Eu não poderia deixar de postar.
Esta foto lembra muito um registro familiar no Natal de 2006.
Pra começo de conversa, é notório a quem convive com a minha família saber que todo mundo tem um dom artístico para a comédia. Uns por desastres; outros por distração e outros por azarados mesmo. O fato é que tudo vira motivo de boas risadas. Comparam-nos com o seriado “A Grande Família”, da emissora Globo.
No dia da ceia natalina, o povo abduzido estava todo emperiquitado. Entre orgias olfativas de perfumes, bolinhas vermelhas, luzinhas, Papai Noel de tudo quanto é tamanho, castanhas, peru assado e a chegada dos parentes, lá estava o meu pai, Dalton Luiz, sentado no seu divã poderoso, quieto e sereno!
Enquanto isto, cada qual com a sua chegada, sua conversa... Enfim, sua risada, botava os assuntos em dia.
No “upa-upa” natalino dos parentes, minha prima Márcia solicitou ao chefe dos "Carvalho Fernandes" que registrasse com sua máquina digital aquele momento festivo! É, DI-GI-TAL, gente!!!... Mas, para o “Daltinho”, meu pai, este produto que bombava naquela época, repleto de tantos megapiexels e o escambau, não era motivo de interesse.
Ele, conhecido pela sua inquietação mental e jeito indiano de enxergar os problemas da vida, pegou a máquina de qualquer jeito e 'mirou' o povo, que estava intacto, com a letra 'x' no verbo, esperando o 'flept" do flash. Era pra dizer: " - Olha o ‘passarinho’!!!" Mas acabaram todos dizendo, em alto e bom som:
" - NÃO! NÃO!!!... VIRA! VIRAAAA! VIRA A MÁQUINAAA!..."

Estarrecido, abduzido... nos olhou e disse:
" - O quê que foi?"

A máquina estava exatamente como esta da foto aí gente, algo que nunca mais esquecerei...

Coisas da minha família!!!... rs rs

Nenhum comentário: