quinta-feira, dezembro 13, 2007

Chegada da mana



















Foi forte a euforia de rever minha irmã Patricia. Mesmo sob o forte calor que anda baforando em Porto Alegre não hesitei em acompanhar, meus pais e Mateus, de vê-la chegar no aeroporto! Acabou virando festa pois o João Vicente tá uma parada. Dá gritinhos, levanta os bracinhos, sorri por nada e olha...com um olhar que não existe dicionário que traduza! Ele encanta mesmo. Era inexplicável a saudade de minha irmã. Sei lá...foi fazer a vida dela em SP mas eu custo a entender isto. Queria ganhar na mega-sena e alojar ela e meu cunhado em terras portoalegrenses. Enquanto este sonho não se realiza temos que sorver o melhor de sua presença na capital. E tem sido assim, passeios, conversas... dormir na mãe... mais passeios e conversas! Ainda mais eu de férias!
Rever a minha irmã condiz, mais ou menos neste sentido: No percurso de meu destino perdi e me decepcionei com alguns valores mas, redescobri outros mais profundos que me deram o sentido básico da vida que é o trabalho, o amor e, principalmente a família. Neste meu momento, eles apresentam novas possibilidades de sentido mais espiritual. O batizado do meu filho tá a beira de se concretizar. E mais uma vez, o colo de minha família abrandou minhas derrotas e tropeços. A família do papai vai estar lá, junto com a Graça de Deus! e, mais uma vez vou erguer sorrir de felicidade pelo meu filho!!!
*** As fotos aí são a chegada da PAti no aeroporto no dia 8/12! Foi uma folia!

Um comentário:

Anônimo disse...

Obrigada, mana, pelas palavras e carinho! Sei que todos sentiram, como eu, a mudança de Estado, devido à distância, mas, como bem disseste, importante p/ meu 'crescimento' e realização pessoal! Estava hiper feliz e emocionada pelo grande momento do reencontro com a família. Obrigada por teres ido me buscar! Adorei a surpresa de ver nosso "Príncipe", tão meigo, risonho, lindo e saudável, com as Graças de Deus! Vamos aproveitar bem todos os momentos juntos! Beijos e fiquem c/ Deus! Patrícia (*_*):-)