sexta-feira, maio 16, 2008

Um aninho e muitos ensinamentos...




Custei. E veio. Chegou a hora de relatar, comemorar e vibrar a chegada de um aninho do meu filho lindo, João Vicente. A tradição confirma o verbo: “passou voando! ... Já!?!?”
Exato!
Já.
Já me mostra atitudes tão lindas que posso dizer que ele é especial. Primeiramente nasceu num dia abençoado. Tem a proteção de São Jorge. E o mais interessante é que o meu pingo, é literalmente sorridente. Sorri pra ascensorista, pro frentista, pro moço que está atrás de mim numa fila qualquer. Sorri, inclusive, para os motoristas que aguardam, como eu, numa sinaleira, nas vias da cidade. Na creche, entre funcionárias e pais de crianças, todos, sem exceção alguma relatam:
“ - É o bebê sorriso!”
Eu já estava flertada por ele desde o meu ventre. Porém, o João Vicente conquistou e desempedrou os sorrisos mais enrugados à sua volta. É impossível não retribuir-lhe um sorriso!
E este serzinho de luz explora, em tudo, os sons com o seu corpo. Na água, no banho, não dispensa várias ‘raquetadas’ com as mãozinhas para curtir o ‘barulhinho aquático’ fazendo quem está a sua volta um verdadeiro pinto molhado.
Experimenta batidas na cabeça(sim! Perguntei ao pediatra se era normal)... É um dublê craniano! Meu Deus... tudo é na cabeça! Rsrs
Rolando, engatinhando e agora, andando. Parece um bonequinho andando. Ergue as mãozinhas pra cima e dispara nos passinhos.
Tem uma pressa....
Descobriu que mandar beijinhos e dizer adeus agrada a todos que o rodeia. Portanto, a-do-ra beijar e acenar!
Fascinado por bola, ama carregar uma para vibrar seus gritinhos de “- Gooolll !!!”
E a cada dia sempre uma surpresa! Estes dias, logo que o papai foi trabalhar, meu pingo, deitado na cama comigo, ‘chamou-me’ para "namorar".
Mãe e filho, cedinho da manhã.
Beijinhos, sorrisos, risadas e, do nada, meu anjo me pega pelos cabelos e puxa com aquelas mãozinhas miniaturas para dar mais e mais beijos. Selinhos abençoados de mãe e filho.
E lembro, que durante a minha gravidez só me falavam:
“ – Deu pra ti, deu para o teu sono.... “
Gente, meu pitoco dorme di-re-to, feito um anjo e, quando acorda, na madrugada, nem chorar; chora. Estica os bracinhos e aponta para a mamadeira. Pronto! Mamou; retorna abençoadamente ao soninho. É demais.
O que mudou, em mim, foi uma mavilhosa rotina que inclui um certo malabarismo; para quem tinha uma vida desregada. Indescritível. Sempre pensei, também, em ter uma família enorme. E o tempo e destino definiram algo melhor. Adotei, de coração, dois irmãozinhos do João Vicente, como meus filhos. Ana e Vitor Rodrigo. Não sei explicar de onde vem tanto amor por eles. E confesso, amoooo ver minha cama colorida destes anjos de Deus, rindo, pulando, zoando na cama comigo. Eu, meu filho e seus irmãos... num só coração! Coração de mãe tem sempre um lugar pra mais um. Não é o que os antigos dizem? Acho que tive uma amostra grátis do que a belíssima e inigualável Angelina Jolie tem por sua família! O maior tesouro que o Homem pode ter é sorver e doar amor! Amor puro....
Ontem lia uma entrevista da, também, mamãe faceira e atriz, Danielle Winitis. Vou dividir a alegria desta estrela global, que definiu, em poucas palavras, a descoberta de ser mãe:
"A vida inteira você ouve que filho é a melhor coisa do mundo. Mas não tem idéia até ter o seu. Depois, pede: 'Deus, me deixa passar por isso de novo'. Como consegui ficar mais de 30 anos sem essa pessoa?"

Deste relato se tem a base parca e singela do que é o esplendor de ser mãe!
Completa, realizada!
Nos próximos posts prometo relatar um pouco do sucesso do aniversário do João Vicente

Nenhum comentário: