segunda-feira, junho 01, 2009

Basta estar vivo...


Sabe quando a gente tenta, por todos os lados, mostrar outras visões do mundo, outras janelas ara quem a gente tem apreço e carinho? Provar que, para mudar, basta querer.

E não...

Existe um ditado muito bacana que li este fim de semana. Diz assim:

“ - Nada lhe posso dar que já não existam em você mesmo. Não posso abrir-lhe outro mundo de imagens, além daquele que há em sua própria alma. Nada lhe posso dar a não ser a oportunidade, o impulso, a chave. Eu o ajudarei a tornar visível o seu próprio mundo, e isso é tudo. “ ...

E foi isto que fiz, falo e repito... Não quer? Então...por favor....
Ultimamente eu ando aborrecida com uma série de fatores a ponto de me irritar com certas cegueiras...

E eu onde fico neste papel? No mínimo cansada, né? Me irrito por sempre acreditar nas pessoas...

Aliado a isto, o fato mais pitoresco foi de um ‘amigo orkutdiano’ que, entre tantos depoimentos onde ele me deixa mensagens(e eu as deleto, claro)... Ele me falou:

“ – É impressão minha ou você está sempre no corre-corre? Eu sinto que quando você me escreve parece atacada. Você não tem uma hora de laser só para ti?”
Eu fui obrigada a rir com a palavra “atacada”...

Engraçado, ele não me conheceu mas pegou, em cheio, a percepção.

Realmente ando ‘atacada’... Que é aquilo tudo que escrevi no post “Quero carinho”...

Cansada...

E, o mais estranho que, quando vejo meus planos voltados para o horizonte, lá vem um empuxo e me segura num estado de minha vida que me deixa confusa...

O que me resta a crer é que o aprendizado é um itinerante. Não existe sequer um momento da nossa vida para se aprender. Basta estar vivo... estando vivo haverão lições para se aprender....

Nenhum comentário: