terça-feira, fevereiro 13, 2007

Mutação I







Na festa de quinta-feira passada(8/2), vibrei tanto com a presença de meus amigos e, do meu amor, que não me contive. Conversei pacas, levantei-me várias vezes, toquei meu pandeiro freneticamente e, ao final da noite, tia Ana indaga:
“- Já olhou para os teus pés?”
O ‘não’ foi tão rápido que já olhava para os meus pés.
Não acreditava no que via.
Professora Aloprada!
Estava, literalmente, modificada.
Meus pés estavam prontos para ir ao forno de padaria para se transformarem em verdadeiros pães suntuosos!
O peito do pé parecia uma almofada de agulhas e alfinetes!
Ali eu vi que tinha exagerado. Cinco horas da manhã e eu, doida e espivitada, comemorando a reunião de meus amigos. Aliado a isto ...meu útero e os ossos doíam... Voltei para casa caladinha... Sabia que o abuso tinha se consolidado!
Nada como um repouso no dia seguinte!

Nenhum comentário: