domingo, fevereiro 26, 2006

O que desejo para 2006



O tempo é composto de mudanças... É tempo de adaptação às novas eras enfim, às novas realidades. Permite-me conduzir neste caminho de sonho e realidade!

Resolvi postar minha mensagem que escrevi, no orkut, na virada deste ano! Quero guardá-la com carinho pois, está sendo bem assim, minha trajetória que almejei!
E tem mais...
Surpresa...em todos os segmentos da minha Vida! Mas aí vai o meu pedido e desbafo que fiz:

“Adeus 2005. Como todo ano, fechamos, iguais aos telejornais, os principais fatos de nossas vidas. Despeço de um marco na minha jornada, de uma experiência que me trouxe(obviamente!) lembranças boas e traumas negativos. Aprendi que a força vem de dentro; vem com o tempo... Então, resolvi esperar, ouvir relatos e buscar ajuda. Neste devaneio, desconectei-me ‘do certo e do errado’ em minhas atitudes. Desbravei mundos sempre criticados na minha adolescência.
Hoje, mulher, vivi e revivi(como nunca!) o melhor do Fato e, a essência do Ato!
Fui à luta. Descobri que ditado popular nunca erra...”quando a esmola é demais, até o santo desconfia!”. Recebi “sinais” de uma família muito legal. Fui advertida... entreguei a minha vida de “bung-jump” a uma linda história. ! Sem perceber, sem avaliar, que tudo pertence a uma “faca de dois gumes”, eu despenquei. Não quis olhar o perigo, o risco enfim, o Destino.
Por isto, me vi perdida. Sofri como nunca havia sofrido. E o pior: adoeci, com sintomas comuns, em períodos curtíssimos, como jamais teria imaginado, padecer. Hoje, sei que pertenci a uma personagem descartável de algumas, outras, personagens deste metódico e desafiador aprendizado.
Porque a vida é tramposa?
Porque os retratos, de nossas gavetas, de nossas lembranças olfativas e visuais não mostram o futuro? É, meus amigos, os fatos, os atos relatam, apenas, o Presente.
2005 foi o ano para DIGERIR O PRESENTE, LAPIDAR O MEU EU e ME PREPARAR PARA O FUTURO.

2006 SEJA BEM-VINDO!
Pessoalmente, de mão em mão, abraço a abraço(às vezes ditos em overdoses de silêncio), de lágrimas desatadas à boas risadas(alías, como EU SORRI COM VOCÊS!!!!) espontâneas, EU agradeci, A TODOS, que me reergueram! UM POR UM, né?????!!!! ;-)
Quero minhas amigas e amigos sempre por perto, a lista é da velha-guarda e das novas e iluminadas amizades- a semente foi plantada!!!
Quero o meu cenário sambístico, SEMPRE, celebrando com cordas, percussões e melodias, de paz e amor, o dia-a-dia ou noite-a-noite desta mágica trilha sonora de verbalizar a Vida!
2006 que perdure a presença cômica de minha família!
Quero as palavras sábias de meu pai Dalton Luiz e a força e ‘desbravura’ de minha mãe Vera. Quero a pureza do olhar de minha avó Iolanda, o otimismo de minha irmã Patrícia, o silêncio observador de meu irmão Diego, a grandeza de espírito de minha cunhada Ivana, quero(sempre por perto), o presente de Deus que é o meu sobrinho Mateus e a serenidade verbal de meu cunhado Beto. Aos meus gatos Barthô e Mizy, meu agradecimento por continuarmos juntos!
AMIGOS, COLEGAS DE TRABALHO E FAMÍLIA VOCÊS SÃO DEMAIS!
VIVAAAAAAAAAAAAA!
SALVE 2006!”

Nenhum comentário: