quinta-feira, maio 27, 2010

Filhos por Kalil Gibran


“Seus filhos não são seus filhos.São os filhos e filhas da vida, desejando a si mesma.Eles vêm através de vocês, mas não de vocês. E embora estejam com vocês, não lhes pertencem.Vocês podem lhes dar amor, mas não seus pensamentos, pois eles têm seus próprios pensamentos.Vocês podem abrigar seus corpos, mas não suas almas, pois suas almas vivem na casa do amanhã, que vocês não podem visitar, nem mesmo em seus sonhos.Vocês podem lutar para ser como eles, mas não procurem torná-los iguais a vocês. Pois a vida não volta para trás, nem espera pelo passado.Vocês são o arco de onde seus filhos são lançados como flechas vivas. O arqueiro vê o alvo no caminho do infinito, e Ele curva vocês com Seu poder, para que suas flechas possam ir longe e rápido. Deixem que o seu curvar-se na mão do arqueiro seja pela alegria: Pois mesmo enquanto ama a flecha que voa, Ele também ama o arco que é firme.”
KALIL GIBRAN


Meu filho tá ficando “grandinho” e já pede coisas que me surpreendem. Saudades que sente, vontades que tem... E eu como mãe já sofro. Por mim ele ficaria sempre na minha redoma, sempre sobre meu olhar. Mas nem tudo é assim... Mas pela felicidade dele mães sempre dão um jeito e forma de que tudo se formalize na paz e na alegria!

4 comentários:

Eduardo Montanari disse...

Vi esse texto interpretado naquela série Anos Incríveis e me apaixonei, achei lindíssimo.
Nunca se esqueça de consertar o título do post, pois está errôneo. Um grandioso abraço para você e o pequeno humano que vc gerou em teu ventre.

Sempre assim; disse...

Ele está crescendo fabinha! e daqui a pouco já chega com uma nora na tua casa:
MÃE ESSA AQUI É A FULANA!
HAHAAHAH
beijos

Lila disse...

Sabe amiga, digo que quando eles crescem e começamos a sentir saudades deles quando pequenos, é porque está na hora de ter outro... Já pensou nisso? Você é uma mãe maravilhosa, quem sabe não vem outro(a) pimpolho por aí... As crianças precisam de mães afetuosas como você.
Olha estou fazendo um sorteio no meu outro blog, caso queiras participa. O premio é uma pça em madeira pintada por mim.
Bjkas e boa semana!
Lila

satélite abduzido disse...

Lila, querida! Para eu ter outro eu precisaria de ter um pai presente em todos os sentidos. Eu crio sozinha o meu e já amarguei muito sofrimento devido a isto. Mas bem que eu queria ter mais rsrs mas só em conto de fadas...