quarta-feira, maio 26, 2010

Louros musicais


Gosto tanto de música - mas tanto -que lamento não ter recursos financeiros a ir a todos os shows que estes cantores promovem, aqui, em Porto Alegre.
Ah, seu pudesse rsrs
Iria do Oiapoque ao Chuí musical.
Gosto de tudo!
Julio Iglesias, 95% de MPB - principalmente nas vozes femininas brasileiras(Cássia, Duncan, Calcanhoto, Gal, Betânia, Marisa, Possi’s e Ana Carolina – esta aí eu babo ouvindo); gosto de samba de raiz mesmo como Tereza Cristina e Grupo Semente( a melhor de todas na minha opinião), Jussara Silveira, Rita Ribeiro, Pastouras da Portela, Beth, Alcione, Leci, Diogo Nogueira(aff...)e Mart’nália; me derreto nuns pagodinhos de cortar o pulso com as letras como Sorriso Maroto e Belo, como também curto, pra caramba, rock feminino de estilo: The Cranberries, a muito da ‘loca’ Amy Winehouse, Joss Stone, Jason Mraz, Tracy Chapmann, The Corrs a Nelly Furtado!
Música é música independente das origens.
Gosto de percussão, no geral, a ponto de parar tudo só para vibrar no encanto das batidas. Claro que tem estilos musicais que não curto como funk que já tentei gostar(mas não suporto), rock pesado(não adianta, não entra na mente a gritaria) e estas loucas da mídia como Byonce e Ladi Gaga. O que é isto? Rsrs
E ultimamente, escuto ajoelha do Cd e também DVD Três Meninas do Brasil!
Gente... Olha, um verdadeiro louro musical.
Indico para vocês como esta letra que é interpretada por Tereza Cristina, Jussara Silveira e Rita Ribeiro!
Esta música, do Zé Ramalho, é de marejar ao ouvir:


Mulher Nova Bonita E Carinhosa Faz O Homem Gemer Sem Sentir Dor

A mulher tem na face dois brilhantes
Condutores fiéis do seu destino
Quem não ama o sorriso feminino
Desconhece a poesia de Cervantes
A bravura dos grandes navegantes
Enfrentando a procela em seu furor
Se não fosse a mulher mimosa flor
A história seria mentirosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor
Numa luta de gregos e troianos
Por Helena, a mulher de Menelau
Conta a história de um cavalo de pau
Terminava uma guerra de dez anos
Menelau, o maior dos espartanos
Venceu Páris, o grande sedutor
Humilhando a família de Heitor
Em defesa da honra caprichosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor
Alexandre figura desumana
Fundador da famosa Alexandria
Conquistava na Grécia e destruía
Quase toda a população Tebana
A beleza atrativa de Roxana
Dominava o maior conquistador
E depois de vencê-la, o vencedor
Entregou-se à pagã mais que formosa
Mulher nova bonita e carinhosa
Faz um homem gemer sem sentir dor
Virgulino Ferreira, o Lampião
Bandoleiro das selvas nordestinas
Sem temer a perigo nem ruínas
Foi o rei do cangaço no sertão
Mas um dia sentiu no coração
O feitiço atrativo do amor
A mulata da terra do condor
Dominava uma fera perigosa
Mulher nova, bonita e carinhosa
Faz o homem gemer sem sentir dor

2 comentários:

Eduardo Montanari disse...

Eu também tenho um gosto muito eclético para música. Só não me venha com RAP, Funk, pagode e outros lixos com letras depravadas e sem sentido.
Curto principalmente New age e música instrumental. Acho as melodias angelicais. Conhece Enya?

satélite abduzido disse...

Amigo, adoro Enya, aliás tenho um jurássico cd dela meio azulado com ela de perfil, se não me engano, que é muito bom! Te leva as nuvens. Esqueci de citar. Música é terapia! Sempre falei isto! rsrs Também concordo contigo, não sou chegada em RAP rsrs