terça-feira, novembro 20, 2007

Fraude leitosa


Olha, eu iria falar sobre esta piada do ano que é o leite adulterado. E fui lendo, as críticas, magníficas do Paulo Sant’Ana que vem há tempos publicando. Todas mega engraçadas. Vou postar um, dos três textos dele, na íntegra. O resto vou colocar somente trechos. Acessem o blog dele no site da Zero Hora(www.zh.com.br). São pensamentos que tem o seu lado cômico desta leitosa fraude . Bom, to rindo a beça. Aliás, acho que só o Brasileiro consegue rir da própria tragédia. Primeiramente o na íntegra. Depois os trechos das outras duas publicações de Paulo Sant'Ana.


Leite curta vida

Diante dos últimos fatos, vai sofrer grandes modificações a industrialização do leite longa vida. Com a consagração da soda cáustica e da água oxigenada como conservantes do leite longa vida, a primeira mudança será nos nomes do leite: Sodalat e Oxilat. Toda caixa de leite deverá ter bem visível as advertências: "Beba com moderação!" e "Se beber, não dirija".
Parece que a atual indústria do leite longa vida não cogitou de que, ao alongar a vida do leite, estava encurtando a vida dos consumidores. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária terá de ser rigorosa na análise de qualidade da soda cáustica e da água oxigenada. Só o que faltava era acrescentarem soda cáustica e água oxigenada de péssima qualidade ao leite que bebemos. Exigimos soda cáustica e água oxigenada genuínas na mistura com o leite. De quem é, por sinal, a atribuição de analisar a pureza da água oxigenada e da soda cáustica que são adicionadas ao leite? Não estará havendo mistura na mistura? Se a soda cáustica e a água oxigenada têm a propriedade de dar mais longa vida ao leite, não seria o caso de a ciência investigar se, alimentando-se as mães lactantes com água oxigenada e soda cáustica, prolongar-se-ia sua lactância, para gáudio de seus bebês lactentes?.A suprema vitória da indústria do leite longa vida: é quase certo que, com o reforço da soda cáustica e da água oxigenada, o leite longa vida venha a ter uma vida mais longa que a do consumidor. De todo esse drama do leite, sobrou-me a seguinte decisão: quanto mais curta for a vida de um leite, mais confiável ele para mim será.Se lançarem no mercado, me tornarei cliente ferrenho do leite curta vida. Tenho até um slogan para ele:
"Curta a vida com o leite curta vida".
Eu já tinha de ter desconfiado da qualidade do leite longa vida. Longa vida quem tem são os velhos. E é lógico que todo leite longa vida é velho. E que a vida do leite longa vida é artificial.
E agora já vão para duas as descobertas de jazidas de caixas de leite enterradas no município de Fazenda Vila Nova (RS). Estão enterrando o leite longa vida em caixas. Estão escondendo a sujeira debaixo do tapete. Onde é que estamos metidos? Mas tenhamos a consciência inflexível de que se trata de um esquema, crê-se que nacional, da adulteração do leite. Há pelo menos um ano o leite vem sendo adulterado, revelou o Fantástico ontem. Mas pode ter sido há mais de um ano. E também ficou esclarecido que as cooperativas acusadas compravam leite azedo e usavam a soda cáustica e a água oxigenada para "regenerá-lo". E o lucro com a mistura de soda cáustica, água oxigenada e soro ao leite era da ordem de 10%. Ou seja, o objetivo principal não era dar vida mais longa ao leite, mas "espichar" o leite em volume. Um crime. Contra a saúde pública e contra a vida.”

xxx

Título:

"A tragicomédia do leite

E aí vem agora o ministro da Agricultura, Reinhold Stephanes (PMDB), insistir para que os brasileiros bebam leite...
Não bebo. Não bebo leite enquanto ele for o ministro. Pela simples razão de que ele(o Ministro) não sabia nada do que estava acontecendo com o leite, foi a Polícia Federal - e não o ministério dele - que descobriu soda cáustica e água oxigenada misturadas no leite.... duvido que ele beba.... O Ministério da Agricultura está agindo a reboque da Polícia Federal, é uma vergonha....
Polícia Federal está montando um laboratório de análise de leites. Mas onde está o Ministério da Agricultura? Onde está o Ministério da Saúde?... a imprensa gaúcha resolveu ouvir sobre a crise o representante do varejo, no caso o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados, Antônio Cesa Longo. Ou seja, botaram pra falar sobre o leite longa vida um cidadão chamado Longo. Só pode ser gozação. Tanto que o motorista de táxi que me trouxe ontem disse que mora na Rua "Sarnento" Leite.”
xxx
Outro post de Sant’Ana! O cara é dez! Desculpe os que lêem este blog. Já notaram que sou “fânzaça” de Paulo Sant’Ana. Como aqui é o meu blog mesmo! Aqui faço que mais gosto: Escrever o que sinto de bom e o que me revolta ou angustia no destino. E, também, curto publicar o que me comove ou faz rir de textos de amigos meus, poemas e estas deste jornalista genial! Mais uma deste excêntrico, doce-rabujento e de uma delicadeza ímpar em enxergar o dia-a-dia da vida fazendo seus leitores rirem das tragédias sócio-econômicas do país! Vão aí mais!

Título:

"Veneno no leite

A notícia é simplesmente aterradora: a Cooperativa Coopervale, no Triângulo Mineiro, adicionava ao leite longa vida (em caixinha) uma mistura de soda cáustica, água oxigenada, ácido cítrico, citrato de sódio, sal e açúcar. A finalidade desse verdadeiro coquetel tóxico adicionado ao leite longa vida era a de aumentar-lhe o prazo de validade....
Calculem que a soda cáustica e a água oxigenada, além das outras drogas adicionadas ao leite, podem causar esofagite, gastrite por inflamação das mucosas do esôfago e do estômago, danificação da membrana das células do estômago, causando úlcera e erosão, danificação da mucosa intestinal, causando até perfurações....
E eu inocentemente bebendo leite na convicção de que ele viesse só da vaca!
Quero acrescentar ainda que, mesmo quando não mudo de marca, noto mudança na textura, no sabor e no odor do leite.
Mas como é que eu, ignorante total sobre técnicas de leite industrializado, vou saber se tem soda cáustica ou água oxigenada no leite que vou beber?
Como é que vou saber?
E ainda mais confuso fiquei quando li o conselho dado pela titular da Gerência de Vigilância Sanitária de Alimentos do Estado de Minas Gerais, Cláudia Parma:
"Os consumidores não devem ferver o leite na tentativa de diluir os compostos químicos. Ferver o leite só vai diminuir as vitaminas".
Como é que é?
Quer dizer então que, se eu adquirir um leite que presumivelmente contenha soda cáustica e água oxigenada, devo bebê-lo sem fervura, assim serei alimentado?
Mas e os venenos?
Acho que a gerente da Vigilância Sanitária mineira quis se referir a leite que não contenha soda cáustica e água oxigenada. Agora é que entendi por que, quando eu era criança, minha tia Manoelita mandava eu embeber qualquer ferimento na pele com leite, tinha água oxigenada. E ela, também, agora que me lembro, lavava a pia com leite, por causa da soda cáustica. Mesmo assim, ignorante que sou, não sabia que leite fervido não tem vitaminas. Bebo leite há 60 anos achando que é um poderoso alimento. E bebo com café, ambos fervidos. Eu sou um idiota...”
XXX
Magnífico. Não sei de onde ele tirou idéias tão engraçadas! Tem gente que achava que ressaca era da cerveja...que nada...
Este é o nosso país... nossos ministros... de uma vez por todas... o Brasil é uma cilada!

Nenhum comentário: