domingo, julho 09, 2006

Surpresa para Porta Voz





Tudo programado para sexta-feira, dia 30 de junho. O local? CEVECOM! Empresa, da qual, Porta-voz dedilha, liga, cobra, despacha e fala de assuntos publicitários.
Nosso pingo humano, viciada em tamborim, andava meio “rodriguiana” pela vida. Baforava, em sua teoria sindicalista, não haver motivos para comemorar seu aniversário. A surpresa era que mal imaginava a "sessão sambista" que se armava para comemorar, sim, seu aniversário antecipado em plena sexta-feira.

Fiel escudeira de seus amigos, de modo sempre escrachado de falar, Porta-voz só alardeava provérbios inventados e um módico argumento com conceitos infundáveis da anti-comemoração dos seus 45 anos. Deixávamos, “bater boca com Freud” nos areões e botecos da vida.
Então, a convencemos de brindar, na própria segunda(seu dia oficial), no local chamado Marco Zero, onde o espivitado Cláudio Barulho tocaria. Consentiu, meio contrariada, mas topou.

Além desta data de segunda-feira, a turma começou a espancar teclados, entrando em contatos via Embratel, para confirmar e deferir o “ok, para sexta”. E-mails daqui, confirmações dali e o buchicho da turma do Samba! Foi em cima da hora. Queríamos e-mails de uns, telefones de outros mas somente Porta Voz que tinha os contatos... Como poderíamos encontrar todos? Ela desconfiaria... Impossível... isto que me angustiou... Mas vá lá... tinha que ser rápido...
Todos organizavam, quase que secretamente, esta confraria no seu QG trabalhista. Ela já captava algo diferente ‘no ar’.

Porta-voz, que tem “dons mediúnicos”, logo desconfiou que, o churrasco que haveria em sua empresa seria, também, uma homenagem antecipada do seu aniversário. E o dia chegou, os confirmados compareceram com seus bois abatidos e suas bebidas douradas. Era uma confraria, somente, de sambistas. Abriram-se os caminhos com muitas bebidas geladas, trovejantes gargalhadas para, enfim, o samba incorporar com o auxílo da fumaça de churrasquinho. Tudo, na garagem da empresa!
Foi bárbaro!
Teve direito a muito samba de raiz e alguns shows, pra lá de hollydianos, de um dos nossos integrantes que insiste em “psicografar sonoramente” Elis Regina!
Valeu!
Terminamos a festa em outra facção de sambistas.
A maquiagem já tinha desaparecido no suor da alegria e, a presteza no andar, perdeu a etiqueta com tanto prazer etílico nas mentes.
Amanhecemos.
Samba continuou Sábado(vide post “Trejeitos”)e, o domingo, foi para reestabelecer os ossos e olheiras cansadas de não dormirem.

Chega a segunda-feira(3/7)! Dia oficial da nossa Porta-voz! Ela não nega, nem mente a idade! Até porque chegar ao formol corporal que esta mulher tem; não há o porquê negar, e sim, acenar com muitas alegrias as vitórias de sua beleza e vitalidade!
Porta-voz guerreira!

Que Deus lhe conserve, sempre, esta alegria!

E lembre-se: "As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam." (Bernard Shaw)


As fotos aí de cima, são de segunda-feira, no bar onde o Barulho. tocava e a outra onde o Cecé toca! Presença de Alemão Charles! Grande cavaquinista!

2 comentários:

Porta Voz disse...

O que dizer???? Se tu não fosse minha te comprava!

satélite abduzido disse...

Pra entenderes que a vida é bonita! olha o Bussunda! depois dele não protelo nada! deixa tua mente livre que o coração esfria! Experiência própria!