sexta-feira, março 20, 2009

Um mistério...um perfume...








"PERFUME É QUANDO MESMO DE OLHOS FECHADOS A GENTE RECONHECE QUEM NOS FAZ FELIZ"
É andei conversando com uma colega minha, parceria das boas, bom papo, uma alma tão nobre que dá vontade de se curvar todas as vezes que ela me faz enxergar, com outros olhos, o que é a Vida. Comentamos esta frase acima. Não é momento de citar nomes em todos os sentidos, mas sim, de falar o que gera tantas insistências de um lado A e de um lado B. Falo de um homem e de uma mulher... Seres que tiveram uma históra forte, de muito tempo ou de parcos momentos, enfim, um enredo de enlaçar e dar um nó mesmo na razão com a emoção. Química e o cofre olfativo ficaram, algumas vezes, eternizados... E o que venho aqui a relatar é este lado fêmea que toda mulher tem, as vezes pode fugir do controle quando algo marca em sua jornada. Tem fatos, sentidos(sim, os cinco sentidos do nosso corpo humano) que nos cercam e, muitas vezes, nos surpreendem. Como podem haver pessoas que não se perfumam; no entanto exalam os perfumes com as mais cheirosas notas florais, cítricas e amadeiradas(ah, sei lá... não tem explicação)!?! Enfim, um mistério...um perfume...

É de dar um nó em qualquer sentido do correto e errado... Hoje resolvi falar disto pois eu e esta minha querida colega indagamos o porquê de tantas burradas que volte e meia cumprimos ou já fraquejamos. Como diz Pedro Bial "... preocupação é tão eficaz quanto tentar resolver uma equação de álgebra mascando chiclete..."! É mascando que eu escrevo neste blog...
Muito bom escrever; lembrar... muitas vezes aprendemos assim... no debater de um assunto que apenas nhhuuummm sentimos...

2 comentários:

Luciana Pereira disse...

Fabi, grande amiga, prima, guerreira de mão cheia. Como consegue fazer tudo, mas tudo mesmo virar poesia. Seja a dor,as conquistas, o amor incondicional pelo JV e pela vida ... Me pego a pensar o que faz esta menina se esconder do mundo e ao mesmo tempo se expor tanto em seus mais profundos textos, apaixonantes que qualquer mortal se identifica. Queria eu poder achar a lâmpada de Alladin (seria dele???) e fazer aparecer um principe encantado para que ela pudesse viver aquilo que deseja e sonha. Principe encantado não existe ... devem estar pensando ... mas há de existir alguém neste mundo que possa fazer este papel. Sonho por isso. Amiga querida ... tu mora no meu coração ... e queria conviver muito mais contigo, que nossos J's pudessem brincar mais ... como são longos estes 350kms de BR. E como pesam as malas cheias de apetrechos infantis, mas nossos J's são nossas bençãos que nos tornaram mães e mulheres de verdade, pois amor maior e mais compensador não há. Cansa, estressa, a gente acha que vai enlouquecer, mas no minuto seguinte já esquecemos e tudo volta a ser maravilhosamente perfeito. Fazer a unha?? Cabelereiro?? Só se for com um sacolão de carros e afins para segurar o foguete entretido por alguns ávidos minutos. Shoping?? Só se for para ir no parquinho!! Andar no centro da cidade, haja persuasão. Praia tranquila , tomar sol ... nunca mais, a água está congelando, a perna chega a doer e lá estamos nós firmes e fortes achando o máximo correr atrás pro carinha não desaparecer numa ondinha de 5cm. E ainda assim somos as mulheres mais felizes desta terra. Te amo muito e vê se toma vergonha nesta lata e vem me visitar. Com amor, Lu.

satélite abduzido disse...

Queri...fiquei parada, plastificada lendo tuas palavras... o que dizer? eu sou a versão do avesso da Alice no País das Maravilhas? A Rapunzel que invovou o corte, A Bela Adormecida entupida de lexotan? rsras ai...nem eu sei quem eu sou ou o que espero. Eu só sei que me alimento de sonhos. E tu me tocou, profundamente nisto... Chorei tanto. mas um choro bom. Aquele choro da rasteira capoeirística. eu fui lendo e não esperava me comover. E me comovestes... Fiquei um tempo pensando se realmente sou deste mundo rsrs
te amo muitoo! Nossos "jotas" são nossas vigas, engrossaram nosso timbre da auto-estima, acimentaram o verdadeiro amor incondicional. Sem eles... um mundo 12 cores... com eles... 136 cores... brincando dos lápis escolares, o resumo é este que a falecida Cássia cantava: Somos feras, somos bichos...somos anjos e somos mulheres... por eles... somos um mundo!te amo, muito! tua prima, Fabi