sexta-feira, janeiro 20, 2006

Peleia da resposta instantânea!


Este blog vai ser para relembrar episódios engraçados causados por esse meu jeito aquariano de ser.
Certa vez, em tempos atribulados da faculdade, resolvi ligar para uma colega no intuito de tirar dúvidas sobre a famosa 'maldição da régua Paica", cadeira de Diagramação da faculdade de jornalismo, quando ainda não existiam (ao menos para a PUC/RS) os Quarks da vida. Cálculos, regras, medidas, nunca foram o meu forte. Então, tudo que me deixa nervosa causa uma espécie de curto-circuito ao dialogar com seres humanos. Vocês me entendem? Era o "Dia D"! Pego o telefone e digo: - "Alou! A Letícia está?", perguntando apressadamente.
Um voz estranha, que nunca havia ouvido, responde:
- Não!
Aí, novamente meu satélite cerebral foi abduzido! Em vez de deixar algum recado ou agradecer a informação...bum! Respondi:
- QUEM GOSTARIA DE FALAR COM ELA?
Do nada, um silêncio avassalador ... Ambas, eu e a estranha, ficamos sem o que dizer. E dizer o quê numa horas destas? Minha pressa na resposta, meu vácuo mental e a ansiedade falou por nós duas naquele momento. Desliguei sem dizer, pelo menos, um tchau. Não é a primeira, nem a última, situação que me ocorre destes imprevistos verbais. Esta peleia de respostas instantâneas, definitivamente, me abala... Ocorreu, também, em meu trabalho, o dia em que o segurança da portaria ligou informando que havia uma encomenda para mim e que era para eu descer. Em vez de agradecer com uma resposta do tipo: "-obrigada! Já estou descendo!". Não! Subitamente respondo: "tá! To descendo! BEIJOOOO!" ... Óbvio que o deixei literalmente encabulado com tal intimidade de mandar beijo.... Se pisam no meu pé e, rapidamente, dizem: 'perdão', eu, não menos rápida, digo: 'de nada!", em vez de "não foi nada". Se abro o elevador e me deparo com um vizinho, pela manhã(vejam bem: PELA MANHÃ!!!), digo alegremente "boa tarde" e não, "Bom Dia"! Troco os turnos, as etiquetas de respostas. Então tá. Improviso NÃO é comigo! É uma peleia gente...

Nenhum comentário: