quarta-feira, dezembro 09, 2009

Coisas que buscamos entender...


Foi com muita dor que neste sábado(5/12) que passou me despedi de uma figura maravilhosa. Pai de minha grande amiga Janaína, tio, avô consagrado e um baita festeiro. É. Um comovente festeiro. Valdir não agüentou a despedida de sua esposa para outro patamar e, em vinte e dois dias depois de sua morte resolveu partir também. A outra morada como é chamada pelo nosso Senhor Jesus Cristo está com os pais desta minha linda e guerreira amiga. Deixou em nós, a saudade e as indagações de o porquê uma vida roubada de forma tão brusca. A gente tenta entender, buscamos na palavra de Deus a forma de confortar estas mortes repentinas; tentamos entender no kardecismo algo que jamais entenderemos. Se aqui é uma passagem, saiba Valdir que sua ausência(sua e de nossa querida Jamile) é irreparável. Fica aqui, algumas palavras para amainar a ausência de vocês. E a ti, minha amiga-irmã Janaína(foto), minha ternura e devoção para esta nossa amizade que é madeira de Lei! Conta comigo amiga! A tua família continua aqui, em nossos corações!
Te amo, Fabiana

“ ... Apesar disso, nós não estamos preparados para a morte. Talvez o choque seja menor, mas a dor é a mesma. Então por tudo isso passei a estudar a doutrina espírita, que sempre nos ajudou muito. O espiritismo nos mostra de onde viemos, o porque de nossa luta aqui na Terra e para onde vamos. E hoje depois que ele partiu, sei que ele está bem, pois já recebemos muitas notícias dele. Existem alguns centros espíritas que fazem psicografia, acho que vale a pena ir atrás. Ser espírita ou não, isso não importa. O importante é acreditarmos que existe um DEUS que não erra e que tudo está certo como está. Mesmo assim a saudade é imensa. É o coração brigando com a razão. Existem muitos livros, como os romances espíritas, principalmente o Violetas na Janela e Vivendo no Mundo dos Espíritos, da Vera Lúcia Marinzek e os que trazem mensagens dos que partiram como: Jovens no Além, do Chico Xavier; Motoqueiros no Além, de Euríclides Formiga, que aliviam a nossa dor. Os livros de mensagens como: Um Minuto de Sabedoria, de Carlos Torres Pastorino e Gotas de Esperança, de Lourival Lopes; entre outros, ajudam a abrandar o nosso sofrimento, nos dando luz e esclarecimento. Eles nos mostram que a vida continua e hoje tenho certeza absoluta disso. O nosso desejo ao participar do grupo não é só de aliviar o nosso sofrimento, mas também ajudar as outras pessoas que passam pela mesma dor. Achei importante passar estas informações, porque só depois das notícias que tivemos, que o nosso coração acalmou e a ansiedade diminuiu....”

Nenhum comentário: