quarta-feira, fevereiro 03, 2010

O retorno

Fabinha! Que férias rápidas estas? Há pessoas que indagam os 15 dias de folga que tirei. Calma, existe outra parte! Sim, férias fatiadas. Assim resumi o meu retorno. Em abril usufruo o restante do saldo de dias em descanso que objetivei. Vai ser o mês de aniversário do meu filho e nesta época estarei em total dedicação para a sua festinha. E estas férias de janeiro/fevereiro foram ótimas; foram bárbaras tanto para mim quanto para o João Vicente. Foi o momento de esquecer o corre-corre do mundo, de recarregar o celular, de não precisar de despertador, de ter as havaianas a sua grande companheira de pegadas e ter o sorriso e espanto do meu filho em desbravar cada grãozinho de terra catarinense. Ter o vento, o cheiro da maresia(aliás, se sentir uma legítima marisqueira!), o sol lapidando a derme do corpo, o suco de butiá que tanto ansiava em degustar novamente, o encontro com a minha família paterna, os camarões, siris vixi... a legítima gastronimia marítima... Gente, tanta coisa... Rever raízes, relembrar cada cantinho daquele cidade algo que foi marcante ou engraçado em tempos, por exemplo, de carnavais. Nossa! Quantas lembranças; quantas histórias... Laguna, Santa Catarina! Terra adorada e minha segunda raiz. Sim! Sou fruto de um amor entre um catarinense e uma gaúcha! Sou, portanto, cataúcha! Se conseguir me reogarnizar, por aqui, vou postar várias lembranças lagunenses no meu blog. Por enquanto fica esta 'oficializada' do meu retorno ao satélite! Satélite Fabinha abduzida? Correto! Fui abduzida sim. E voltei me sentindo mais determinada, mais otimista e muito mais dona do meu nariz! Meu filho também curtiu horrores! Aliás, tudo que faço hoje é por ele! E com ele sorri muito nesta viagem! Valeu a pena! Esperem eu me aprumar nesta Forno Alegre que está apagando fogo com gasolina! Gente! O que é o calor desta cidade? Final de semana clube, praia...mas aqui na capital gaúcha está impossível ficar!

Nenhum comentário: