sexta-feira, março 10, 2006

Jesus me esqueceu


Noiva do Re-animator:
- Resolvi...vou comprar uma moto pra mim.
Satélite Abduzido fala:
- Bah, que tri! Eu logo que me separei pensei em ter uma. Fui vetada pois o pai criou um slogan para motos... " JESUS ME CHAMA"!!!
Noiva do Re-animator, com seu veneno cômico largou:
- Pois é ... mas se a moto é "Jesus me chama"...
Satélite já na defensiva:
- Quê, Noiva?
- Sinceramente...teu fusca é "JESUS TE ESQUECEU".
Satélite, naquele momento, passou para uma abdução de sentença final... Noiva estava certa:
"Jesus me esqueceu"!
Foi quando o ex-vocalista da Doctor Ghory, Espectro, ex-magal, phd em motores e picareta-mor do universo automotivo, entrou na conversa e arrefeceu nossas previsões pessimistas. Prometeu que usará todas as ferramentas de seu conhecimento a nosso favor, julgando nossos casos pequenos e simples de solucionar.

Homens...são tudo na vida de duas Jecas quando o assunto é gasolina...

7 comentários:

Bebê de Rozimery disse...

Então deve ter sido de mim que jesus se lembrou na quinta...sexta, sábado..ops, sábado não. Que é isso? rotina de 2? Não. Vetado. Hj não. mas amanhã...quem sabe acordo recuperada e começa tudo de novo?!? Rá Rá Rá. Que fase....iririririr.

satélite abduzido disse...

Então! Tu tá no mééér né nega?

Dono do Hotel disse...

Moto, já tive uma. Fui feliz com ela e ela comigo. Jesus nao me chamou nenhuma vez, mas a ela sim. Dançou numa necessidade de grana.

satélite abduzido disse...

Daniel.... nossa...

Que prazer em ver seu nome aqui! Achei que tivesse sido abduzido nestas tramas que a Vida nos prega, não é?
Bom ter notícias tuas...
Moto?
Eu também gosto... To dando o maior apoio para a Noiva. E eu estou na fila do atendimento... bjo, saudades, Fabi

a noiva do re-animator disse...

Bebê fará a dança do acasalamento e eu já estou treinando a "Dança da motinha". Ficará ótima.

BB disse...

Dança, dança da motinha, dança, dança da motinha, inha! inha! inha!.
Ui.

a noiva do re-animator disse...

E não esquece de chamar o Caolha se o Walter insistir em não pegar. Só não olha pro olho vazado dele que o conserto sai na camaradagem.