quarta-feira, agosto 02, 2006

Um começo para um tempo previsto

Hoje me desfiz de alguns móveis... Preparo, antecipadamente, para a minha saída do apartamento... Calma! Tudo conversado e projetado para 2007. Carrie, minha comanheira de morada, pensa em viagem para fora; já eu penso(na verdade um plano de 2005) em mudança para daqui há alguns meses. Tudo sempre apoiado por meus familiares e amigos. Nada contra o apartamento, o prédio e derivados em geral. Pelo contrário! Mas preciso de uma "lipoaspiração do meu passado"... Não me afeta em nada hoje em dia... Embora, sair dele será uma oficial "virada de página" em quesitos pessoais, de minha vida. Algo para janeiro, fevereiro antes de minha viagem. Gosto de mudanças! E vou amar esta que vai fechar, de vez, aquilo que um dia foi ludibriado, por insistências matrimoniais de que seria feliz numa vida a dois. Que bairro pretendo morar? Humm são tantos... No entanto, prefiro não citar pois sempre ocorrem imprevistos...
Ganhei, estes tempos, de Bebê, uma cortina-persiana da Tok-Sotck linda de madeira cor imbúia... Já imagino na minha nova casa... nova vida... em algumas das janelas...
Preciso de reformas... Aconteceu tanta correria neste primeiro semestre de 2006 que pensei não suportar a pressão. Principalmente no início do ano com a nova gestão do meu trabalho. Era só ameaças...colegas exonerados, chefes transferidos... Achei que iria surtar com tanta insônia! E passou! Porém, surgiram sempre mais desafios... Todos eu traço... as vezes quase desistindo, mas traço! Resumindo, fecou um um benefício: meu crescimento como mulher+cidadã+solteira+louca+abduzida.
De sentimentos? Ihhhh ta difícil... Como diz Teresa Cristina: "de mais a mais é cada qual com sua espécie, e não se fala em outra coisa por aqui...'
Peguei como tese este dizer sambísitico. Ainda mais que ando num moinho de passados que assombram minhas estruturas... Quem diria... Bom... Muda tanta coisa na vida dos outros, porque não mudar a minha? Não é agora? Que seja meu lar... O coração ta carente... mas fechado para mercado...

4 comentários:

satélite abduzido disse...

ahahaah coincidência... a data da foto foi muita engraçada...mas não foi proposital rsrs

Anônimo disse...

Amiga! Desde que te conheci sempre dei força pra essa mudança! Ela é emblemática! Ela é fundamental! Sei que tu estás bem e o passado não te assombra mais. Mas estar numa casa só tua, com tuas referências, é um novo sopro de vida. É deslumbrar algo que tu nem imaginas que exista! Vá em frente! Esse gesto vai abrir teu horizonte e seguramente, teu coração! Tu sabes que tudo isso, "é do quadro"! Eu conheço! Força na peruca! Beijo! Lili Carabina!

satélite abduzido disse...

Pois é...tá chegando o meu momento... preciso sair...virar a página... Chega. Basta! Quero vida nova!

Anônimo disse...

Bom Fabi..lendo teu relato..mais uma vez acho que nada é por acaso...e as tuas mudanças já estavam em andamento mesmo..cada um que arraste suas correntes...né? carregue sua cruz...a minha é ser nômade, enquanto não encontro minha morda definitiva, pois nem eu tenho tido mais tempo para me encontrar comigo mesma...achei tantas atividades que não tenho tido "tempo" para pensar em besteiras...e Deus é que sabe dos nossos destinos...eu só vou fazendo o que manda meu coração.