segunda-feira, junho 08, 2009

O ciúmes




Minha infância querida. Revi esta foto aí. Uma foto antiga. Era a chegada do meu irmão, Diego há trinta e lá vai pedrada de anos atrás... Eu, de franjinha, moreninha ao lado esquerdo, meu irmão no meio, e do lado direito a minha irmã Patrícia. A chegada do mano foi bombástica para meus recém quatro anos de vida. Era um intruso em meu reduzido mundo. Lembro da chegada dele e a mãe me chamando do quarto:
“ – Vem conhecer o teu irmão!“ – dizia fervorosa
Já eu, sentia o gélido da parede. Andei pelo corredor de minha antiga casa me arrastando pelas paredes até chegar ao quarto em que minha mãe e irmão estavam. Era o acontecimento em minha vida. Iria conhecer primeira vez, meu irmão. No entanto, eu sentia(lembro bem disto) um sentimento de abandono. Sim! Abandono! Era oficialmente o meu ‘adeus’ ao mundo dos caçulas. Passava, a partir daquele dia para o time dos Sanduíches! Os famosos irmãos do meio! Para quem não sabe são aqueles irmãos que não tem os privilégios dos irmãos mais velhos; nem os privilégios dos irmãos mais novos.
Ciúmes à parte, dizem integrantes da família, que tentei sufocar meu irmão com o travesseiro. Ó Céus! Teria eu já um lado perverso?
Não... tive sim, foi o ciúmes de irmão. Quem nunca teve ciúmes de irmão que atire o primeiro travesseiro(pedra é cruel)!
Eu tive.
E o João Vicente não fugiu a regra. Só que não foi com irmã caçula e sim com a chegada da Shayene, sua prima! Sim, a filhinha do meu irmão caçula, o Diego e de minha cunhada Ivana! Foi também, “o acontecimento” para ele a chegada da prima. Hoje ele a cerca de mimos e beijos. Mas eu sempre longe. Não posso me aproximar da pequena e lindinha Shay!
O João Vicente tem um ciúmes danado dela comigo. É um sentimento de posse muito engraçado. Sou obrigada a escapar para ar uns amassos na minha sobrinha linda! E se o Joãozinho vê....
Rá!!!
Vôa o que estiver na mão dele: chupetas, carrinhos, bolas...
E lá vai a mamãe Fabiana explicando que é a prima, que a mamãe o ama muito...estas teorias... tenho conversado muito com ele sobre isto. Dá sinais de entender...mas ainda é cedo... Ele acha que é meu dono rsrs
O ciúmes de integrantes de família é algo cômico... Embora sejam parte da mesma família, cada filho é um indivíduo nato, autêntico, enfim, especial. Muitos pais se enganam em achar que deram a mesma educação para sua prole. A grande charada é que a cada nascimento de um membro modifica a composição e dinâmica da família. E por ser assim influencia de modo especial e absoluto. Cada um exerce um grande capítulo e enredo na estrutura parental.

Nenhum comentário: