sexta-feira, novembro 20, 2009

O lado musical do meu filho

Música é terapia isto, todos sabemos. E a importância da música no meu dia-a-dia é excepcional! Vivo, respiro música o tempo todo. Não pensem, não, que vivo somente de um gênero musical. Errado. Curto de tudo um pouco. Só confesso que tenho pavor de rock pesado e funk. Do resto ouço numa boa. E, o que não é novidade para ninguém; sobre a minha pessoa; é esta minha essência melódica pelo samba de raiz. Acho que de tanto escutar e de tocar caiu como uma luva aquele ditado:
‘ A fruta nunca cai longe do pé’. Refiro-me ao meu filho, João Vicente. Este não pode ver um instrumento musical que corre para tocar e curtir o barulhinho bom. Estes tempos foi assim. Viu um mar de tambores no salão e não pensou duas vezes em correr para apreciar. Orquestrou do seu jeito e na sua linguagem bons momentos de satisfação pessoal. E, quando o vejo assim, deduzo lembrando da minha gravidez. Toquei muito em rodas de samba e talvez, lá no ínterim, junto com a sinfonia de meu corpo ele cristalizou uma Sapucaí cheia de melodias que pertencem somente ao seu mundinho!

3 comentários:

Vinicius disse...

Essa foto está bacana mas esse pano de chão é de matar rsrsrs !

satélite abduzido disse...

Isto é manto sagrado e imortal! he he heh

Bia Azevedo disse...

Oi, sempre gosto de saber dos bebezoes, o que curtem, como vão crescendo, as mil surpresas que vão nos fazendo. Adoro o lado musical dos bebÊs, penso que não deveríamos deixar passar em branco. Seu bebê é lindo. Cuide sempre muito bem dele. Abraços de Sampa, de uma mamãe apaixonada. Beatriz