terça-feira, novembro 03, 2009

Existo; insisto! Humpf...



Penso, logo existo. No meu caso, penso; logo insisto! Pombas! Que diacho que insisto em insistir, em acreditar, em voar em sonhos que já não são mais sonhos, muito menos utopia! Curtir o momento? E eu tenho cara de ser borboleta com 24 horas de vida? Sim, as borboletas vivem 24 horas. Eu sou gente, meu time tem pressa, minha alma pede paz e eu vivo o hoje, pensando sempre no bem-estar do meu filho e de minha vida!
Quero dividir meus momentos com alguém não, somente, de verdade; mas com alguém que queira a verdade acima de tudo!
Tá aí a diferença! Pra mim chega? Não sei... não entendo este meu existo-insisto. Estou tão brava hoje...

Nenhum comentário: